BLOG

Publicado em: 29 de agosto de 2020

Você conhece os termos mais utilizados na Impressão 3D?

Se você é novo no mundo das impressões 3D, você pode ter encontrado diversos termos que você pode não conhecer. Nós da 3D Procer selecionamos os termos mais usados e montamos uma breve explicação para auxiliá-lo na sua necessidade. Lembrando que estamos à disposição para atende-lo e tirar alguma dúvida mais especifica sobre nossas impressoras e nossos insumos.

3D Printer

3D Printer é a impressora 3D.

Fatiador

O fatiador é o programa utilizado para converter o modelo criado em 3D para coordenadas, a máquina entenderá o que deve ser feito através dessas coordenadas.

Extrusor

O extrusor é o principal conjunto de qualquer impressora 3D. Ele é a soma dos componentes que aquecem o filamento e depositam na mesa de impressão. Esse conjunto compreende o tracionador, dissipador de calor, bloco aquecedor e bico de impressão, além do resistor e termistor. Em algumas impressoras, ainda há o tubo de teflon.

Trator, ou tracionador

O trator, ou tracionador, é o elemento responsável por fazer a movimentação do filamento, seja no sentido da extrusão, empurrando o material, ou na retração, puxando-o de volta.

Direct drive

Direct drive é o tipo de tracionador que fica posicionado junto ao carro de impressão. O tracionador é o conjunto do motor com uma engrenagem que move o filamento para cima e para baixo. A maior vantagem dessa opção é alcançada na impressão de filamentos flexíveis.

Bowden

O Bowden é o outro tipo de tracionador. A diferença é que nesse modelo o motor não fica posicionado no carro de impressão. Alguns fabricantes alegam que isso dá maior velocidade e menor vibração.

MK8

O MK8 é uma polia tratora conectada no motor, fazendo o tracionamento direto do filamento até o bloco aquecedor.

Hotend

O hotend é o conjunto que compreende os componentes que ficam expostos à temperatura mais elevada no extrusor, ou seja, o dissipador de calor, o bloco aquecedor, o bico de impressão, o cartucho de aquecimento e o termistor.

Dissipador de calor, ou heatsink

O dissipador de calor é uma superfície aletada que fica posicionada entre o tracionador e o bloco aquecedor. A sua função é não deixar que o calor gerado no bloco seja transferido para áreas mais altas, por condução pelo filamento. Se o calor for transferido, o material expande e trava.

Bloco aquecedor

O bloco aquecedor é o penúltimo componente que o filamento atravessa até chegar na mesa de impressão. Esse bloco é o responsável por elevar a temperatura e fundir o material. Nele é posicionado e resistor e o termistor.

Resistor

É a resistência que gera o aquecimento do bloco aquecedor. Por isso, ele é um dos componentes mais importantes em todo o conjunto do extrusor.

Termistor

O termistor é o componente responsável pela medição da temperatura do conjunto aquecedor. É muito importante que esse componente esteja funcionando corretamente para que a temperatura esteja correta. Caso contrário, a diferença do valor real e valor medido pode levar a falhas na impressão e até riscos na utilização da máquina, como super aquecimento.

Bico de impressão

O bico de impressão é o último componente no caminho do filamento entre o tracionador e a mesa. O bico é como um funil, ele serve para criar os detalhes das peças. Normalmente, se utiliza bicos com saída de 0,4 a 1,0 milímetro.

Auto bed leveling (nivelamento automático)

Ao se iniciar uma impressão a mesa de construção pode não estar totalmente alinhada com o movimento do cabeçote. Esse desalinhamento pode fazer com que o modelo não grude corretamente na mesa ou que ele não seja impresso. O nivelamento automático faz uma correção via programação e ajusta esse alinhamento fazendo com que toda a região inicial da peça possua o espaço entre o bico e a mesa durante a primeira camada.

Impressora fechada / aberta

Há várias maneiras de qualificarmos as impressoras 3D em grupos, e uma delas é se ela é aberta ou fechada. A primeira opção é ideal para impressão de PLA ou PETG, além de filamentos especiais com base em PLA. Já as impressoras fechadas são ótimas para o ABS, que possui alta contração e pode empenar se houver um fluxo externo de resfriamento.

Não há uma regra se a impressora aberta ou fechada é melhor ou pior do que a outra, o que deve ser observado é toda a sua estrutura. Impressoras com uma estrutura mais robusta são capazes de trabalhar em velocidades mais altas, mantendo um bom nível de precisão.

Volume de impressão

O volume de impressão é a área que a sua impressora tem disponível para imprimir os projetos. Para conhecer esse valor, basta analisar as dimensões dos três eixos, no comprimento, largura e altura.

Duplo extrusor

Uma impressora 3D que consegue utilizar dois filamentos por vez, é chamada de duplo extrusor, ou dual extrusion. É possível mesclar as cores ou utilizar materiais diferentes, um em cada extrusor.

Fan / cooler

O fan é um acessório importante para a impressora, ele tem a função de ventilar. Enquanto o cooler resfria. No caso do dissipador de calor, por exemplo, o corpo aletado funciona com o cooler, enquanto o fan direciona a ventilação para a troca de calor.

FFF

FFF é a configuração do fatiador Simplify3D, já mencionado nesse glossário de impressão 3D. Você pode importar o FFF com a configuração já pronta ou ainda colocar os seus parâmetros próprios.

STL

O STL é o arquivo dos modelos de impressão 3D. Existem alguns sites que você pode baixar o STL gratuitamente. Em outros, há venda dos modelos.

Filamento

O filamento é o insumo da impressão 3D. Existem diversos materiais diferentes, como PLA, ABS, PETG, Flexível e HIPS.

GCode

O GCode são as linhas de códigos responsáveis pelas movimentações da impressora.

Layer

Layer é a camada de impressão. A resolução das peças será medida justamente por ela, pela altura da camada. Quanto maior for, pior será a qualidade da parte externa da peça em contrapartida a sua impressão será mais rápida. As layers habitualmente utilizadas variam entre 0,05 e 0,3 milímetros.

Adesão entre camadas

A Adesão entre camadas pode ser resumida como a força de interação entre uma camada e outra. Se essa característica não estiver adequada, a peça pode se tornar frágil e quebrar com pouco esforço.

Suporte

O suporte nas peças permite que o bico deposite material onde não há filamento abaixo. Então, quando for depositar material sem uma camada embaixo, ele cria uma para a sustentação. Esse suporte será facilmente removido após a impressão final.

Torre de temperatura

A torre de temperatura é um termo bastante conhecido pelos amantes da impressão 3D. Ela representa um teste pré-impressão, no sentido de encontrar a melhor temperatura de trabalho para o material.

Mesa aquecida

Há materiais que precisam operar com temperaturas mais altas, pois a diferença de temperatura entre o bico e o ambiente pode fazer com que a peça expanda em uma região e contraia em outra. A vantagem de se ter uma mesa aquecida é que a peça sofrerá menores deformações por variação de temperatura. Lembrando que nossos produtos utilizam as tecnologias mais avançadas, fique por dentro de nossas dicas e novidades para estar sempre atualizado.

Instagram

siga-nos @3dprocer

assine nossa newsletter e receba dicas
e promoções especiais em nossa loja