BLOG

Publicado em: 17 de junho de 2020

TUDO SOBRE A TECNOLOGIA DLP

Existem diferentes processos de impressão 3D no mercado e familiarizar-se com cada um deles é uma grande ajuda para esclarecer o que você deseja das impressões finais e assim é possível decidir qual tecnologia é a mais adequada para a sua aplicação. E hoje vamos falar um pouco sobre uma impressora de resina líquida.

As impressoras 3D de resina são populares por produzir protótipos e peças de alta precisão, isotrópicos e estanques em uma variedade de materiais avançados com recursos finos e acabamento superficial suave.

A impressão 3D DLP (processamento digital de luz) é um dos processos mais comuns para a impressão de resina. Elas contêm um tanque de resina com fundo transparente, superfície antiaderente, que é como substrato para a cura da resina, e suas peças são criadas de cabeça para baixo, camada por camada. As impressoras DLP usam uma tela de projetor digital para exibir uma imagem de uma camada em toda a plataforma, como o projetor é uma tela digital, a imagem de cada camada é composta por pixels quadrados, resultando em uma camada tridimensional formada por pequenos cubos retangulares chamados voxels. O contato entre a resina e a luz UV do projetor digital é conhecido como a cura da camada. Essa camada será como base da próxima a ser curada e conectada assim por diante. Uma grande vantagem dessa impressão é que, após a confirmação da configuração correta, o processo começa e a máquina pode funcionar sem nenhuma supervisão até o final da impressão. As peças impressas com a tecnologia DLP requerem pós-processamento após a impressão. Primeiro, as peças precisam ser lavadas com um solvente para remover o excesso de resina. Por fim, as peças impressas em 3D impressas nos suportes requerem a remoção dessas estruturas, um processo manual semelhante às impressoras 3D SLA, sendo possível utilizar uma lixa.

Aqui estão algumas diretrizes gerais para quais tipos de peças são melhores para DLP:

  • Peças pequenas e intricadas únicas.
  • Imprimir rapidamente peças grandes sem muitos detalhes.

Como vimos, com diferentes propriedades, é possível um grande número de aplicações com a impressora DLP. Através desse processo, você consegue otimizar seus processos de produção. Mas não se esqueça de relembrar as diferenças entre as impressoras na hora da compra para ver o que realmente vai atender suas necessidades.

Para mais conteúdos como esse, se inscreva na nossa newsletter.

E para comprar de impressoras 3D e insumos de qualidade, corre para nosso site, basta clicar aqui.

Instagram

siga-nos @3dprocer

assine nossa newsletter e receba dicas
e promoções especiais em nossa loja