BLOG

Publicado em: 30 de agosto de 2018

Principais termos da Impressão 3D

Conhecimento nunca é demais

Independente se você já é experiente na área ou está se interessando agora, conhecimento nunca é demais, afinal de conta, ninguém nasce sabendo. Então, resolvemos montar um glossário com os principais termos usados.

Vamos lá, mas lembrando de que sempre terão palavras novas a medida que a tecnologia  vai avançando.

3D Printer

O nome dado a Impressora 3D em inglês, no mercado existe diversos modelos e marcas, com projetos diferentes.

Adesão de Camadas

É a força de interação entre uma camada e outra, a adesão também pode ser responsável pela fragilidade da peça, por isso, escolha um bom material.

Additive Manufacturing

Dá se o nome a vários processos de fabricação para produzir peças em 3D, adicionando camas do material

Bed ou Mesa de Impressão

A chapa de vidro onde o material é depositado, com sistema de aquecimento e uma placa de vidro por cima.

Bloco Aquecedor

É mais um componente que o filamento passa, aqui o material é fundido.

Bico de Impressão

É de onde sai o filamento para a impressão. Usamos o bico com saída de 0,4 mm.

Bowden

Outro tipo de tracionador, porém esse não é ligado ao motor, assim, pode dar maior velocidade e menor vibração.

Brim

Margem adicional em torno da primeira camada da peça, funciona como uma borda para garantir um fluxo de filamentos adequado para o resultado final

CAD

Software de design utilizado para criar um modelo digital, para assim ser fabricada a peça final.

Cartucho (Resistor)

Componente responsável por gerar o aquecimento do bico permitindo que o filamento fique maleável para a impressão.

Dissipador de calor

É uma superfície posicionada entre o tracionador e o bloco aquecedor responsável por inibir o calor gerado no bloco seja transferido para outras áreas, caso o calor seja transmitido o material expande e trava a impressão.

Digital Fabrication

O nome dado a todo o processo de produção, criação e fabricação, de um objeto 3D incluindo softwares, corte a laser e fresagem CNC.

Direct Drive

É um dos modelos de tracionador ligado ao carro de impressão.

Extrusão

Extrusor é a peça mãe da Impressora 3D, porque é dele que inicia a produção da peça, responsável por derreter o filamento continuo para produzir a peça.

Fab Lab

É um laboratório que oferece várias ferramentas para a fabricação digital, é uma boa referência para iniciantes.

Fatiador

É um programa para converter o que a máquina deve fazer, a partir do modelo criado em 3D.

Filamento

Material plástico vendido em forma de carretel para a produção das peças, a composição utilizada é variada, entre eles PLA, ABS, HIPS, PETG e Flexível com diversas cores e diâmetro de 1,75mm até 3mm.

GCode

São códigos responsáveis pela movimentação da impressora, você pode encontrar esses códigos dentro da configuração do fatiador.

Hotend

Responsável por perceber os componentes que estão expostos a alta temperatura do extrusor.

Layer

É o nome que se da a camada de impressão, quando menor a resolução da peça.

MK8

Responsável pelo tracionamento direto do filamento até o bloco aquecedor, ou seja, uma polia tratorada que está ligada ao motor.

Overhang

Uma impressão na vertical sem suporte para sustentação, pode ter deformidade na peça, isso se da pelo resfriamento da peça.

PLA

Ácido Poliático, um dos materiais mais utilizados na Impressão 3D, ele é biodegradável, pois é feito a partir de amido de milho ou de outros alimentos produzidos pela fermentação do açúcar.

Preenchimento

Pode variar de 0%, modo vazio até 100%, modo solido, a escolha depende da necessidade do projeto.

Raft

Superfície de algumas camadas de material traçada para suavizar a base potencialmente irregular, pode ser removida facilmente após finalizar a impressão.

Scanner

Um recurso que escanceia o objeto para criar um modelo em 3D.

SLA

Aparelho de estereolitografia ou máquina de fabricação de aditivos usando o processo SL para impressão.

Subtractive Manufacturing

Fabricação Substrativa, mais conhecida como usinagem, trata-se de várias técnicas de fabricação em que parte de um material está sendo cortado, moído ou gravado para criar uma forma final.

SLS

Normalmente usado em impressoras maiores como as industriais, SLS é um processo de fabricação que utiliza um laser para fundir camadas em pó.

Stringing

São as linhas que escorre do filamento quando ele passar por um espaço que não tem que depositar filamento, são facilmente retiradas ao finalizar a peça.

STL

Formato de arquivo que incluem a geometria pura dos modelos 3D, utilizados com todos os tipos de software de impressão, posteriormente eles podem ser transformado  em G-code em software de corte.

Suporte

Material depositado na parte em que não tem peça, para fazer a sustentação de partes suspensa da peça, após finalizar a retirada é bem fácil.

Termisor

Ele é mais um componente responsável pela avaliação da temperatura do conjunto aquecedor. Se a temperatura não estiver correta pode causar super aquecimento da máquina e falhas na impressão.

Torre de Temperatura

A função é representar a melhor temperatura do material que irá utilizar, para isso há vários modelos na internet para realizar o teste.

Tracionador

Responsável pelo movimento do filamento, tanto para empurrar o material, como para puxa-lo de volta, ele pode ser direct drive ou bowden.

Volume de Impressão

É a área que sua máquina tem disponível para imprimir seus projetos

Eixos X,Y e Z

A impressora possui  três eixos de movimentação, o  X (horizontal), Y (profundidade) e Z (altura).

Sílica

Ela acompanha o carretel do filamento, com a função de retirar a umidade do material, para não perder as características na hora da impressão.

Warping

É uma palavra bem conhecida quando se trata de defeito na impressão

assine nossa newsletter e receba dicas
e promoções especiais em nossa loja


%d blogueiros gostam disto: