O uso da tecnologia na área da saúde está em constante evolução, e a Impressão 3D é uma das tecnologias implantadas que mais apresentam avanços. Os benefícios proporcionados por ela abrangem áreas como a radiologia, cirurgia e até mesmo a farmacologia. 🩺 💊

Identificação de tumores

Com a materialização de resultados de tomografias, é possível determinar a localização exata de possíveis anomalias. A precisão do local onde está inserido auxilia no planejamento cirúrgico, diminuindo o tempo gasto na operação e, principalmente, o risco de incisões equivocadas e prejudiciais.

Impressão de Próteses

O uso da Impressão 3D permite a criação de próteses modeladas com as dimensões específicas do paciente.
Entre os exemplos que já foram construídos estão: braços e pernas robóticos, traqueias feitas e orelhas. O próximo passo é construir músculos, cartilagens e até ossos para solucionar diversos tipos de problemas.

Reconstituição de Face

Como já citamos, a impressão 3D é de grande valia no planejamento para precisão em cirurgias.
Em reconstituições de face não é diferente. Dessa forma, a equipe médica possui maior consciência dos resultados que serão obtidos.
Além disso, reiteramos o benefício da impressão de ossos, uma vez que na reconstituição facial é de suma importância manter a estrutura craniana bem sólida e consistente.

Medicamentos

A farmacologia é outra área da saúde que apresenta vantagens proporcionadas pela impressão 3D.
Contudo, por meio de uma impressora 3D, é possível determinar a dosagem específica de cada componente e princípio ativo presente naquele fármaco. Assim, é viável definir quantidades personalizadas para cada paciente, sendo muito útil em medicamentos de uso contínuo.

Transplantes

As longas listas de espera para transplantes podem diminuir consistentemente após a impressão 3D de órgãos. Essa realidade ainda não é possível, mas figura como algo promissor para as próximas décadas.
Para isso, o material utilizado para impressão deve ser células do organismo daquele paciente que irá receber o órgão, a fim de diminuir o risco de rejeição.